O governo deve publicar na quarta-feira o Decreto dos Portos, que vai flexibilizar e desburocratizar as regras de operação para concessões e arrendamentos e também para terminais privados. O Valor teve acesso à última versão do texto. A principal mudança será no prazo dos contratos: passará de até 25 anos renováveis uma única vez pelo mesmo período para 35 anos prorrogáveis até 70 anos.

FONTE: http://www.valor.com.br/brasil/4960324/concessao-de-portos-sera-por-35-anos