Com o objetivo de promover a ampliação do crédito, a Medida Provisória n.º 775 foi convertida na Lei n.º 13.476 pelo Congresso Nacional. Tal norma abre espaço para a criação da chamada duplicata digital, uma das bandeiras da agenda microeconômica do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e que tem como principal chamariz a redução potencial do risco de crédito, ao inibir fraudes.

FONTE: Valor Econômico – http://www.valor.com.br/financas/5101746/duplicata-digital-pode-ampliar-em-r-480-bi-credito-para-empresas